Carboidratos simples e compostos

Você sabe a diferença entre os carboidratos simples e os carboidratos compostos?

Nessa matéria explicaremos de maneira rápida, qual a função de cada um, qual o melhor horário para ingerir, e quais as fontes de cada carboidrato. Confira!

CARBOIDRATOS SIMPLES

São os açúcares cuja ligação são facilmente quebradas pela digestão.

Devido à essa característica, são fontes instantâneas de energia. Essa energia, se não utilizada logo em seguida, é estocada em forma de gordura.

Podem ser classificados em monossacarídeos ou dissacarídeos, de acordo com a quantidade de ligações que possuem.

MONOSSACARÍDEOS

  • Glicose
  • Galactose
  • Frutose

DISSACARÍDEOS

São compostos por duas unidades de monossacarídeos, que são:

  • Maltose = Glicose + Glicose
  • Sucrose = Frutose + Glicose
  • Lactose = Galactose + Glicose

FONTES DE CARBOIDRATOS SIMPLES

  • Frutas
  • Leite e derivados
  • Verduras
  • Doces em geral
  • Mel
  • Açúcar branco
  • Melados
  • Bebidas carbonatadas (refrigerantes)

CARBOIDRATOS COMPLEXOS

Os carboidratos compostos são definidos como polissacarídeos, que são substâncias com várias ligações.

São encontrados nos amidos e fibras. Como são digeridos lentamente, nos dão sensação de saciedade por mais tempo, além de lançar menos açúcar no sangue em função do tempo, fazendo com que o corpo estoque menos gordura.

Os alimentos integrais são ótimas fontes de carboidratos compostos.

FONTES DE CARBOIDRATOS COMPLEXOS

  • Aveia
  • Pães
  • Cereais
  • Vegetais feculentos
  • Legumes
  • Arroz
  • Massas
  • Feijão
  • Batata
  • Milho

COMO O CORPO USA OS CARBOIDRATOS

Após digerir e absorver através da parede do intestino delgado, o corpo usa a glicose de três maneiras:

Pode queimar a glicose imediatamente, caso necessite de energia, liberando dióxido de carbono, água e energia.

Se a glicose não for necessária, é convertida pelo fígado ou pelos músculos em glicogênio.

O glicogênio muscular produz energia apenas para os músculos. O glicogênio do fígado pode servir de energia para qualquer parte do corpo.

Após o estoque de glicogênio ser preenchido, o restante de glicose é convertido em gordura pelo fígado, e estocado como tecido adiposo pelo corpo. A indesejável gordurinha.

NÍVEL DE GLICOSE NO SANGUE

asd

 

O corpo regula de perto o nível de glicose no sangue, da seguinte forma:

Nível de glicose alto no sangue -> Liberação de insulina -> Células musculares e adiposas absorvem glicose -> Diminuição do nível de glicose no sangue de volta para o normal. (Acontece geralmente após as refeições)

Nível de glicose baixo no sangue -> O fígado quebra o glicogênio e libera a glicose no sangue -> Eleva o nível de volta ao normal. (Acontece entre as refeições)

 

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.


ATENÇÃO

As informações aqui contidas tem fins didáticos. Não estamos lhe prescrevendo um medicamento, suplemento e nem mesmo uma dieta. Para tal é necessário a consulta a um profissional da área, que analisará as suas necessidades específicas.

A nossa revista não tem o objetivo de substituir o trabalho de um médico, nutricionista, nutrólogo, personal trainer, educador físico, ou qualquer outro profissional. Pelo contrário, queremos trabalhar em conjunto, para lhe trazer o máximo de informações de qualidade.

É proibido por lei (Nº 9.610) a cópia parcial ou completa de nosso conteúdo. Possuímos ferramentas para averiguar tal ação e vamos tomar todas as medidas cabíveis caso alguém infrinja a lei. Caso encontre nosso conteúdo em outro site, denuncie! Obrigado.

Deixe sua opinião