Treino pesado para mulheres

A musculação transforma o corpo da mulher a ponto de fazê-lo parecer masculino? Claro que não! Descubra as razões fisiológicas e hormonais que impedem tal fato, e como algumas optam por esse visual.

A DESCULPA

“Eu não vou treinar pesado, não quero ficar parecendo um homem.” É muito comum ouvir isso das mulheres. Infelizmente, muitos acreditam que as mulheres, caso se dediquem na academia ficarão com o corpo parecido com as de fisiculturistas femininas. Como a da foto abaixo.

corpor-mulher-hormonio

Nessa matéria vamos mostrar por quê você, mulher, não ficará com esse corpo, a não ser que abuse de hormônios masculinos injetáveis, o que nós não recomendamos.

Produção de testosterona nas mulheres

O principal motivo que as mulheres não ganham tanta massa magra quanto os homens é a diferença hormonal.

A testosterona é um dos hormônios androgênicos responsável pelo anabolismo, ou seja, pelo ganho de massa. É a testosterona que dá os traços masculinos ao ser humano (pêlos, voz grossa, etc.).

Os dois sexos produzem esse hormônio, porém, os homens produzem uma quantidade MUITO maior.
No entanto, não é a quantidade de testosterona em um indivíduo que determina seu potencial para crescimento muscular, uma vez que a maior parte da testosterona no corpo está ligada a uma globulina (SHGB).

O que importa mesmo é a quantidade de testosterona LIVRE no sangue. Nos homens, essa quantidade é por volta de 2% (270 – 1100 ng/dl ) enquanto nas mulheres, é de apenas 6 – 86 ng/dl.

O TREINO DE RESISTÊNCIA E AS ADAPTAÇÕES HORMONAIS

Estudos tem demonstrado que o treino de resistência aumenta em torno de 25% a testosterona livre, em ambos os sexo.

Porém, como a quantidade nas mulheres é muito pequena, 25% de uma quantidade pequena é um aumento quase insignificativo.

Ou seja, podem treinar pesado, que vocês continuarão com o corpo feminino.

COMO ALGUMAS FICAM COM O CORPO MASCULINO?

Há mulheres que optam por ter o corpo com muita massa magra, como a da imagem no início da matéria.

Isso é conseguido por meio de hormônios injetáveis, em grandes quantidades. Caso você não injete nenhum hormônio, não precisa se preocupar com o engrossamento da voz, nascimento de pêlos, e muito menos com a masculinização do corpo. 

CORPO DE COMPETIÇÃO

Não confunda o corpo em época de competição de algumas atletas, com o corpo delas fora de competição. Veja a imagem abaixo, a atleta Eva Andressa, na primeira foto, o corpo natural, fora de competição, e na segunda foto, o corpo em época de competição.

Notou a diferença? Para conseguir tal corpo, semanas antes da competição há uma preparação intensa, uma dieta super rígida, e um treino específico. Também é usado um óleo, que deixa o corpo mais escuro e brilhante, para destacar a definição muscular.

Para conferir a rotina de um fisiculturista semanas antes da competição, clique aqui.eva-andressa em competição fora de competição

CONCLUSÃO

Agora você mulher não pode mais usar essa desculpa para não treinar pesado! Afinal de contas, vai falar que você não queria ter o corpo como o da Eva Andressa, na primeira foto? Isso pode ser conseguido, com dedicação aos treinos, uma dieta balanceada, muita dedicação, e é claro, acessando o malhandocerto sempre que puder!

Você conhece alguma mulher que usa essa desculpa? Mande esse artigo para ela!

 

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.


ATENÇÃO

As informações aqui contidas tem fins didáticos. Não estamos lhe prescrevendo um medicamento, suplemento e nem mesmo uma dieta. Para tal é necessário a consulta a um profissional da área, que analisará as suas necessidades específicas.

A nossa revista não tem o objetivo de substituir o trabalho de um médico, nutricionista, nutrólogo, personal trainer, educador físico, ou qualquer outro profissional. Pelo contrário, queremos trabalhar em conjunto, para lhe trazer o máximo de informações de qualidade.

É proibido por lei (Nº 9.610) a cópia parcial ou completa de nosso conteúdo. Possuímos ferramentas para averiguar tal ação e vamos tomar todas as medidas cabíveis caso alguém infrinja a lei. Caso encontre nosso conteúdo em outro site, denuncie! Obrigado.

Deixe sua opinião