Treino de Peito – 5 erros mais cometidos

O peitoral, apesar de ser um apenas par de músculos de grandes, não é uma área simples de se treinar. Nessa matéria veremos algumas armadilhas que a maioria não conhece, e o caminho para evitá-las.

Além de dicas para o seu treino de peito!

#1: SUPINO RETO COM BARRA, E SÓ

 O supino, apesar de ser o melhor exercício para o peitoral, não é o único. Além do que, é um exercício perigoso para os que possuem o ombro e o tríceps fracos.

CORRIGINDO

 Para não correr riscos no supino, treine tríceps e ombro, pois eles ajudam no exercício. E para não forçar a articulação, não desça o braço mais do que 90 graus. Dica:

  • Todos os supinos trabalham o peitoral como um todo, porém o supino inclinado dá ênfase para a parte superior, o reto para a parte mediana, e o declinado para a parte inferior.

#2: ESQUECER O PEITORAL SUPERIOR

 A maioria não dá a importância necessária para a o peitoral superior. Ele dá ao torso uma aparência de ser maior, “juntando” o peito com o ombro e o trapézio.

CORRIGINDO

 Como é a parte mais fraca do peitoral, faça exercícios que dão ênfase á ela primeiro. Como o supino inclinado.

#3: USO EXCESSIVO DE MÁQUINAS

 As academias mais modernas estão focando muito em máquinas. Sim, elas são mais seguras, mas exercícios livres são muito importantes para a formação do músculo.

CORRIGINDO 

Faça exercícios com peso livre também, bilaterias e unilaterais, com barras e halteres. E não se esqueça dos exercícios com o peso do corpo, como flexão e paralela.

#4: MOVIMENTOS RÁPIDOS

 Muitos realizam o movimento de forma rápida, com pressa de acabar.

CORRIGINDO 

Leve em média 2 segundos para levantar a barra, e 2 segundos para descer. Segure por 1 segundo na parte mais alta. Sim, isso vai diminuir um pouco o peso que você pega, mas vai melhorar e muito o resultado do treino.

carga-real-levantar

#5: TREINANDO O EGO

 Não coloque mais carga do que aguenta. É fácil ver isso nas academias: Pessoas com as colunas envergadas no banco de supino, utilizando até as pernas para ajudar a levantar, fazendo movimentos rápidos e incompletos.

CORRIGINDO 

Fique com a coluna reta no banco, e os pés apoiados no chão. Coloque a carga que você realmente aguente, para realizar o movimento certo, na velocidade certa, e a amplitude máxima. Não tente provar nada á ninguém.

 

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.


ATENÇÃO

As informações aqui contidas tem fins didáticos. Não estamos lhe prescrevendo um medicamento, suplemento e nem mesmo uma dieta. Para tal é necessário a consulta a um profissional da área, que analisará as suas necessidades específicas.

A nossa revista não tem o objetivo de substituir o trabalho de um médico, nutricionista, nutrólogo, personal trainer, educador físico, ou qualquer outro profissional. Pelo contrário, queremos trabalhar em conjunto, para lhe trazer o máximo de informações de qualidade.

É proibido por lei (Nº 9.610) a cópia parcial ou completa de nosso conteúdo. Possuímos ferramentas para averiguar tal ação e vamos tomar todas as medidas cabíveis caso alguém infrinja a lei. Caso encontre nosso conteúdo em outro site, denuncie! Obrigado.

Deixe sua opinião