Quais os riscos de fazer apenas musculação?

Escrito por Dr. Paulo Gentil

Um estudo avaliou a pressão arterial, glicemia e rigidez arterial de dois grupos: um que não praticava aeróbico, apenas musculação, e outro de corredores.

Eu gosto muito quando vejo pesquisadores brasileiros produzindo bons artigos!

Um exemplo é que citei um estudo de pesquisadores de Vitória sobre HMB em um post anterior e agora cito seus conterrâneos, que nos brindam com um belo estudo publicado no Journal of Hypertension.

O estudo fez avaliações homodinâmicas em praticantes de musculação, atletas de endurance e sedentários saudáveis.

Os praticantes de endurance treinavam para maratonas ou meia maratonas e tinham um volume semanal de corrida maior que 70km.

Para entrar no grupo da musculação, era necessário treinar há pelo menos dois anos, ter IMC acima de 27 – tipo um cara de 1,8m teria que pesar pelo menos 88kg – e não poderiam fazer nada de aeróbios (opa, eu poderia ser cobaia desse, rs!).

De acordo com os resultados, não houve diferença entre os grupos na maior parte dos parâmetros avaliados, incluindo pressão arterial, glicemia e rigidez arterial, levando os autores à conclusão de que a prática exclusivamente de musculação não leva a prejuízos cardiovasculares!

E olha que eles analisaram caras grandes, com média de 44cm de braço, IMC de 30kg/m2 (94kg em 1,76m) e que faziam musculação há 9 anos, sem nada de aeróbios!

Os prejuízos mais preocupantes foram os baixos níveis de colesterol HDL, no entanto, olhando os dados dos participantes eu ficaria ao lado dos autores e arriscaria dizer que essas alterações não teriam muito a ver com a musculação e sim com o reforço hormonal que alguns participantes estavam usando.

Eu não estou defendendo nenhuma modalidade e nem condenando outra (pelo menos não nesse texto).

Só trago uma reflexão para a pergunta recorrente “se eu fizer apenas musculação, não terei problemas no coração?”.

E a resposta é não, pois estudos como esse sugerem que podemos viver muito bem sem ter obrigação de fazer aeróbios!

Viu galera da maromba!? Isso é para provar que eu não odeio vocês, até porque também sou um de vocês… minha bronca mesmo é com a burrice!

Morra EA1, Zaniqueli D, Rodrigues SL, El-Aouar LM, Lunz W, Mill JG, Carletti L. Long-term intense resistance training in men is associated with preserved cardiac structure/function, decreased aortic stiffness, and lower central augmentation pressure. J Hypertens. 2014 Feb;32(2):286-93.

Créditos

Essa matéria foi escrita pelo Dr. Paulo Gentil em sua fanpage no facebook. Convido você a curtir e acompanhar a mesma: https://www.facebook.com/drpaulogentil

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

Deixe sua opinião