Desaquecer pós-aerobóico

Por Marcos Nadaf

Você já se sentiu mal, logo após encerrar um treino aeróbio? Saiu da esteira muito rapidamente e viu tudo e todos rodando à sua frente? Desmaiou, ou quase, ao sair da bike depois de um estímulo intenso no spinning? Sentiu a musculatura totalmente rígida, nas horas posteriores a uma atividade física intensa?

E aí? Despreparo físico? Estímulos além do seu limite? Estresse mental? Overtraining?

Nem sempre! Talvez, você apenas não tenha DESAQUECIDO como deveria!

DESAQUECIMENTO

O desaquecimento, esfriamento, ou simplesmente, “volta à calma” é tão importante quanto ao aquecimento. Se você costuma interromper estímulos de intensidade, no mínimo, moderada para forte, repentinamente, sem diminuir esta intensidade de forma gradativa, pode sofrer com alguns malefícios, como os expostos acima.

Cabe ainda ressaltar que além desta diminuição de temperatura corporal e frequência cardíaca, é essencial que se faça, posteriormente, uma boa série de alongamentos.

DESAQUECER-APOS-O-TREINO

 

BENEFÍCIOS DO DESAQUECIMENTO 

Abaixo, veremos uma lista de alterações fisiológicas que, comprovadas cientificamente, são normatizadas com a ajuda de um bom desaquecimento:

• Remoção da maioria do lactato dos músculos e tensão muscular, diminuindo assim, a probabilidade de rigidez tardia ou até lesão futura.
• Retorno do sangue acumulado nos músculos que se exercitaram à circulação central (coração e cérebro) evitando uma redução na pressão sanguínea, que causaria tonturas e desmaios
• Melhor regeneração das fibras musculares e suas reservas energéticas.
• Redução dos níveis de adrenalina do sangue.

O período de desaquecimento não precisa ser muito longo. 5 à 10 minutos, dependendo da intensidade do treino, são suficientes para que você não exponha sua saúde aos riscos de uma saída brusca da sua atividade predileta.

Lembre-se das dicas na hora que bater aquela pressa e bom treino!

QUAL MELHOR AERÓBICO PARA PERDER GORDURA? CLIQUE AQUI

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

CRÉDITOS

Esse artigo foi escrito pelo Marcos Nadaf e foi aqui reproduzido com a devida permissão do mesmo. Convido você a conhecer a sua página no facebook, CLICANDO AQUI.

Deixe sua opinião