Como começar a caminhar

Por Regys Louzada

Nos dias de hoje, por diversos motivos, deixamos de praticar atividades físicas e, com isso, perdemos qualidade de vida.

Tal fato favorece o aparecimento de diversas doenças relacionadas ao sedentarismo (hipertensão, obesidade, diabetes, entre outras).

Uma forma eficaz para se atuar na prevenção/tratamento destas doenças é iniciar um programa de atividades físicas.

A CAMINHADA

A caminhada pode ser considerada a atividade ideal para quem quer abandonar o sedentarismo.

Entretanto, existem alguns cuidados que devem ser tomados para iniciar a prática de qualquer atividade física, da maneira mais segura possível:”

PROCURE O SEU MÉDICO

Faça uma avaliação médica, pois você pode ter alguma alteração pré-existente e a mesma ser agravada pela atividade física, podendo gerar sérias consequências.

COMEÇAR A CAMINHAR – SEJA DISCIPLINADO

Separe pelo menos 30 minutos do seu dia para praticar a caminhada. Inclua isso na sua rotina.”

PLANEJE SUAS METAS

Estabeleça metas a curto prazo, seja caminhar por 30 minutos evoluindo para 40 minutos… O importante é ser uma meta confortável de ser conquistada. Isso ajuda a manter a motivação elevada.

CONSULTE UM PROFISSIONAL DE NUTRIÇÃO

Procure uma orientação profissional adequada, pois normalmente as pessoas sedentárias precisam de uma reeducação alimentar para auxiliar algum eventual problema de saúde pré-existente.

Lembre-se que a reeducação alimentar é particular, ou seja, a dieta do seu amigo provavelmente não funcionará bem com você

PROTEJA A SUA PELE E SEUS OLHOS

Se a caminhada for feita durante o dia, não se esqueça de utilizar protetor solar, óculos escuros e bonés.”

DÊ PRIORIDADE À SUA SEGURANÇA

Caminhar em locais com trânsito de veículos pode ser arriscado. Se possível, procure locais tranquilos para caminhar (bosques, praia ou parques).

COMEÇAR A CAMINHAR – MANTENHA-SE HIDRATADO

Procure beber pequenos goles (200 ml) de água a cada 15 minutos de caminhada.

A água é um elemento de fundamental importância para a humanidade. Sem água, não há vida.

Devido ao ritmo de vida cada vez mais acelerado das grandes cidades, perdemos certos hábitos e deixamos de lado fatos importantes.

Uma delas é a quantidade de água que ingerimos por dia.

O corpo de um recém-nascido é constituído por cerca de 80% de água, chegando a cerca de 50% na Melhor Idade.

Além de ser responsável pelo transporte de nutrientes e substâncias para dentro e fora das células, a água é importante no processo de eliminação, através da urina, dos componentes tóxicos advindos do nosso metabolismo energético.

BEBER-AGUA-SEDE

Um erro grave que cometemos é beber água somente quando sentimos sede. Quando chegamos a tal ponto, o corpo já se encontra em um estágio um pouco avançado de desidratação e precisa de reposição rápida.

Para praticantes de atividades físicas, uma boa hidratação é fundamental, pois a água auxilia na regulação da temperatura corporal.

A maioria dos especialistas sugerem uma ingestão diária de água em torno de 2 a 3 litros. A melhor dica é dividir este total e beber pequenos goles ao longo do dia.

E não adianta beber grandes quantidades de uma só vez, pois a absorção só ocorre em pequenas quantidades e o excesso é eliminado através da urina, podendo inclusive sobrecarregar os rins e, em casos mais graves, levar a um quadro de hiponatremia (diminuição das taxas de sódio no plasma sanguíneo).

Uma dica especial para praticantes de atividades físicas, principalmente corridas de longa distância: comece uma hidratação específica horas antes do treino e faça a ingestão de isotônicos após 30 minutos, através de pequenos goles, evitando assim algum desconforto gástrico.

UTILIZE ROUPAS APROPRIADAS

Procure utilizar roupas claras e com tecidos próprios para a prática de atividades físicas (ex: poliamida) e um tênis adequado para o seu tipo de pisada (procure um ortopedista ou fisioterapeuta especializado para realizar o seu teste de pisada, para facilitar a escolha do tênis mais adequado).”

UMA BOA ORIENTAÇÃO FAZ A DIFERENÇA

Procure um Profissional de Educação Física especializado. Só assim, pode-se programar uma rotina de treinos adequada para a sua realidade atual.

CONCLUSÃO

Seguindo estas dicas, você estará preparado para iniciar a prática da caminhada e, quem sabe, estará arriscando uns trotes semanas depois. Até a próxima!”

Agora que você já sabe como caminhar, leia aqui como fazer a transição da caminhada para a corrida.

CRÉDITOS

AutorRegys Louzada

Formação: Bacharel e Licenciado em Educação Física (UNIVERSO) Especialista em Treinamento Desportivo (UFRJ)

Atuação: Professor da Equipe Runners Rio (Assessoria Esportiva e Equipe de Corrida)

 

CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.


ATENÇÃO

As informações aqui contidas tem fins didáticos. Não estamos lhe prescrevendo um medicamento, suplemento e nem mesmo uma dieta. Para tal é necessário a consulta a um profissional da área, que analisará as suas necessidades específicas.

A nossa revista não tem o objetivo de substituir o trabalho de um médico, nutricionista, nutrólogo, personal trainer, educador físico, ou qualquer outro profissional. Pelo contrário, queremos trabalhar em conjunto, para lhe trazer o máximo de informações de qualidade.

É proibido por lei (Nº 9.610) a cópia parcial ou completa de nosso conteúdo. Possuímos ferramentas para averiguar tal ação e vamos tomar todas as medidas cabíveis caso alguém infrinja a lei. Caso encontre nosso conteúdo em outro site, denuncie! Obrigado.

Deixe sua opinião