USO DE ANTI-INFLAMATÓRIOS NA MUSCULAÇÃO

Por Dr. Paulo Gentil

Após uma sessão de treino intenso, especialmente um treino ao qual não estamos acostumados, é comum ocorrer a dor muscular tardia.

Os mais afeitos aos treinos intensos, a veem com orgulho, aliás, sentem-se até certo ponto culpados quando ela não aparece…

Se perguntam: será que eu peguei leve? Onde foi que eu errei?

Mas há os que a encaram de outra forma, vendo-a como um incomodo insuportável e acabam apelando para recursos farmacológicos com o objetivo de aliviar os sintomas.

A maior parte delas recorre aos anti-inflamatórios não esteróides, que são substâncias que inibem a ação da enzima ciclo-oxigenase (COX), uma importante iniciadora da cascata inflamatória.

Ao atuar nessa enzima, diminui-se a produção de substâncias que irritam os receptores de dor, como as prostaglandinas, mas tem um porém…

Sabemos que a hipertrofia é um mecanismo de proteção do nosso músculo, que se torna mais forte para que o estresse futuro não produza tantos danos.

E como nosso corpo faz isso? Através de sinalizadores mecânicos e químicos.

E um desses sinalizadores químicos é justamente a cascata inflamatória.

Essa via é importante, por exemplo, para ativar as células satélites (para mais informações sobre elas, deem uma lida no meu livro “Bases científicas do treinamento de hipertrofia”), as quais não funcionam bem quando se toma os anti-inflamatórios (Mackey, 2013; Mikkelsen et al., 2009).

Portanto, ao removermos a cascata inflamatória, removemos a dor mas também podemos estar removendo o gatilho da hipertrofia.

Seu corpo acaba achando que não há problema nenhum e, portanto, não vê necessidade de se tornar mais forte…

Ainda se discute os efeitos dos anti-inflamatórios na adaptação do músculo em longo prazo, mas é certo que eles não ajudam muito na recuperação dos treinos.

Os anti-inflamatórios são medicamentos com efeitos colaterais consideráveis e devem ser usados apenas em situações específicas e sob recomendação de um especialista competente.

Definitivamente, a dor muscular tardia não é uma dessas situações…

REFERÊNCIAS

Mackey AL. Does an NSAID a Day Keep Satellite Cells at Bay? J Appl Physiol. 2013 May 16. [Epub ahead of print]
Mikkelsen UR, Langberg H, Helmark IC, Skovgaard D, Andersen LL, Kjaer M, Mackey AL. Local NSAID infusion inhibits satellite cell proliferation in human skeletal muscle after eccentric exercise. J Appl Physiol. 2009 Nov;107(5):1600-11.

 

Créditos

Essa matéria foi escrita pelo Dr. Paulo Gentil em sua fanpage no facebook. Convido você a curtir e acompanhar a mesma: https://www.facebook.com/drpaulogentil


CURTA NOSSA PÁGINA!

As informações foram úteis? Acompanhe-nos no Facebook, Instagram ou Twitter para receber as nossas atualizações!

Para críticas e elogios, use os comentários abaixo ou a nossa página de contato.

Você também pode inscrever o seu email, enviamos no máximo um email por semana, sem spam! Role até o final do site para se inscrever.

Deixe sua opinião